Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



||| Liberdade de expressão [2].

por Tomás Vasques, em 30.05.09

Enquanto por cá, os comunistas portugueses reclamam mais liberdade de expressão, por lá, em Havana, os comunistas cubanos desencadearam uma guerra policial contra as parabólicas clandestinas que permitem ver canais de televisão estrangeiros. A destruição das parabólicas, ou seja, negar aos cidadãos cubanos o acesso à informação, é parte da «luta ideológica contra o capitalismo». O Granma – órgão oficial do PC de Cuba – escreve que é necessário eliminar o «veneno» de alguns canais de televisão estrangeiros. Indigna-me a ditadura cubana, mas também me indigna ouvir os comunistas portugueses falarem em liberdade de expressão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:54




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.