Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A cartilha.

por Tomás Vasques, em 13.08.07



Anabela Fino é uma refinada «jornalista» do Avante – órgão central do PCP. A senhora é uma daltónica política, como são todos os comunistas. A perturbação da percepção visual-mental incapacita-a de distinguir determinadas situações. A senhora olha para a antiga União Soviética e o que vê: «a democracia mais avançada do mundo». E quando olha para o encerramento de um canal de televisão na Venezuela de Chávez por criticar o poder, ela aplaude e exclama: «a reacção não passará!». Mas, por cá, quando a directora de um museu é substituída porque discorda publicamente da política da Ministra que a tutela, a senhora Fino já não consegue aplicar os critérios anteriores. E, então, revolta-se contra a censura e o fascismo. E lembra-se, então, de Marcelo Caetano: «explicando ao povo a essência da sua democracia: ninguém era impedido de pensar o que muito bem entendesse... desde que estivesse calado.» A senhora Fino, sem querer, o que lhe acontece muitas vezes, caracteriza bem o seu Partido e as «democracias» que defende com unhas e dentes, de Pyongyang a Havana. Desta vez caracterizou-os como salazarista-marcelista. O daltonismo da senhora Fino não lhe permite ver que, no seu Partido, os que «pensam o que bem entendem» só não são presos ou fuzilados porque, aqui, em democracia, não dá. São apenas «expulsos». Mas, onde têm o poder, ainda hoje em Cuba ou na Coreia do Norte, como antes em Moscovo ou em Varsóvia, quem «pense o que bem entende» é preso, torturado ou morto. A senhora Fino só leu uma cartilha e, por isso, está incapacitada (ética, moral e politicamente) de atirar pedras a quem quer que seja. Porque tem telhados e paredes de vidro. Há quem tenha moral para criticar. Manifestamente, a senhora Fino não tem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:58




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.