Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rancores e pensadores.

por Tomás Vasques, em 09.06.11

Aguardo com curiosidade as próximas intervenções de dois dos mais empenhados pensadores do socialismo democrático, Manuel Maria Carrilho, filósofo, e Henrique Neto, empresário, agora, que desapareceu de cena o alvo dos seus rancores .

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40

Viva o PCTP/MRPP. Viva. Viva.

por Tomás Vasques, em 09.06.11

Com todo o respeito pelo seu lado profissional, Garcia Pereira está no limite da pornografia política. Tanto se apresenta a todas as eleições como primeiro representante do Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses, um revolucionário profissional, na linha leninista, como é contratado por Paulo Portas como profissional. Com Garcia Pereira não se sabe bem se é um profissional ao serviço do seu Partido Comunista ou se meteu o seu Partido comunista ao serviço da sua profissão. E depois queixam-se do descrédito da política.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:50

PS.

por Tomás Vasques, em 09.06.11

 

Com a renúncia de José Sócrates, eleito recentemente (quase) por aclamação e unanimidade, ao cargo de secretário-geral do partido socialista, abriu-se o processo de candidaturas ao lugar vazio. Apresentaram-se à disputa, até ao momento, Francisco Assis e António José Seguro. António Costa, um nome muito solicitado, descartou-se da incumbência. Qualquer dos dois candidatos será um secretário-geral digno nos tempos que correm. Diz o bom senso político que quem for eleito será o líder da oposição durante os próximos 4 anos e só, então, será candidato a primeiro-ministro. É possível, mas as tarefas que o próximo governo tem pela frente e o estado de desagregação em que a Europa se afunda, não aconselha planeamentos a tão longo prazo. Muito boa gente pensa que o PS irá fazer um longa «travessia do deserto», no mínimo de 8 anos. Disseram o mesmo, rigorosamente, em 2002 aquando da vitória eleitoral de Durão Barroso. E, apesar da história nunca se repetir, seja como tragédia, seja como farsa, o próximo secretário-geral do PS tem, desde o primeiro momento, de agir (sobretudo na definição programática e na ligação à sociedade) como se tivesse eleições a curto prazo. Neste processo, não se deve esquecer o seguinte: 1) o PCP, pode fazer o que quiser na rua, mas eleitoralmente é como uma estaca, não sai dali; 2) o BE quanto mais se radicalizar mais se reduz; 3) o PS não se pode confundir com o PSD, sobretudo com o PSD de Passos Coelho. O território ideológico e programático do socialismo democrático e da social-democracia está, por agora, todo livre. Inclino-me, neste momento, a pensar que, dentro destas premissas, desenhadas a traço bem grosso, Francisco Assis representará melhor os interesses mais profundos do PS do que António José Seguro. A ver vamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31

A liberdade de expressão tem dias…

por Tomás Vasques, em 09.06.11

Todos os que têm memória se recordam do que por aí, à direita, se disse de uma queixa ao ministério público apresentada pelo ainda primeiro-ministro José Sócrates contra um jornalista, alegando ofensas à sua honra. Caiu o Carmo e a Trindade e a liberdade de expressão. Os jornais dão conta, hoje, de que o presidente da república, Cavaco Silva, apresentou queixa contra o director da revista Sábado por ter escrito, em Janeiro: «Tal como Fátima Felgueiras e Isaltino Morais, Cavaco Silva acha que uma vitória eleitoral elimina todas as dúvidas sobre negócios que surgem nas campanhas». Daquelas vozes que, então, vilipendiaram José Sócrates se fez ouvir até ao momento. Afinal de contas, ficamos a saber que, para certas pessoas, a liberdade de expressão tem dias… 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:57



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.