Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A senhora excitada.

por Tomás Vasques, em 15.12.10

Num telegrama, de Janeiro de 2007, hoje divulgado, referindo-se a Ana Gomes, o embaixador norte-americano refere um encontro com um assessor diplomático do primeiro-ministro, o qual disse, segundo o senhor embaixador: “É uma senhora muito excitada que é pior que um rottweiler solto”. Já percebi que as cuecas pretas da minha prima Hermenegilda são apenas uma gota de água neste imbróglio de «espionagem» americana. A realidade ultrapassa sempre a ficção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Cortiça.

por Tomás Vasques, em 15.12.10

José António Mesquita, representante da República para os Açores, exerceu – e bem – o veto político ao decreto legislativo regional 33/2010 que aprovou o Orçamento desta região para 2011, o qual atribui remunerações compensatórias para os funcionários da administração pública regional. É óbvio que o representante da República sabe que o PS Açores vai confirmar o diploma na Assembleia Regional, mas esse facto não o impediu de, através do veto, mostrar o seu desacordo, ao contrário do Presidente da República, Cavaco Silva, que colecciona homologações atrás de homologações com as quais não está de acordo. Exemplos mais flagrantes: casamento entre pessoas do mesmo sexo e financiamento dos partidos políticos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:07

Time - Person of the Year.

por Tomás Vasques, em 15.12.10

 

 

Muita gente, filhos de boas famílias, quer do antigo regime, quer do actual, quiseram antecipar (para aumentar a credibilidade entre os amigos) a escolha do Homem do Ano pela Time. Escolheram o senhor Assange, o tal do «sexo de surpresa» e das «fugas na canalização». Falharam. A Time escolheu Mark Zuckerberg, de 26 anos, criador do Facebook.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33

É a economia, estúpido.

por Tomás Vasques, em 15.12.10

Um retrato da realidade. Com este governo e com outros que o antecederam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:08

A minha prima Hermenegilda não usa cuecas.

por Tomás Vasques, em 15.12.10

A minha prima Hermenegilda, mulher ainda vistosa, apesar de não saber a idade, não usa cuecas. Há muitos anos. Diz ela que lhe provoca uma terrível dor na coluna a partir da terceira vértebra. Esta particularidade no dress code da minha prima Hermenegilda, coisa insignificante, está no segredo dos mais íntimos, apesar daquele jantar na Embaixada, em Setembro do ano passado. Foi a contra-gosto. Ela é uma mulher de esquerda à antiga, daquelas que vê o capitalismo a desmoronar-se todos os dias e a revolução a despontar no fio horizonte. Foge a sete pés dessas feiras de vaidades, mas não quis fazer a desfeita ao seu último namorado, um cabotino socialista (ela sempre disse que a ideologia e a política ficam à porta do quarto), assessor de um qualquer ministério. O jantar, onde desfilou meia centena de pessoas, foi uma estopada, como ela previa, mas no fim deu-lhe para ficar à conversa com o senhor embaixador. Frente a frente, na varanda, cada um no seu sofá. Ela, que nunca leu John le Carré e despreza histórias de espionagem, entre cigarros e copos de tinto, falou pelos cotovelos, como sempre, enquanto cruzava e descruzavas as pernas esguias. Consta, que depois das despedidas, o senhor embaixador dirigiu-se à sua secretária, sentou-se, retirou a caneta de tinta permanente do bolso interior do casaco, e anotou num bloco: «Hermenegilda. Perigosa esquerdista. Segundo ela, nas próximas eleições a extrema-esquerda vai ter uma vitória eleitoral estrondosa. Usa cuecas pretas.». Não sei se o senhor embaixador transmitiu estas notas aos seus superiores, como é seu dever, mas se o fez, enganou-se: a minha prima Hermenegilda, como sabem, não usa cuecas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:54



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.