Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Se isto não vai com eleições vai à força.

por Tomás Vasques, em 06.03.10

Há traços de navalhas a cortar o ar que se respira. A frase: «Manuel Godinho tem tanto direito à presunção de inocência como o primeiro-ministro José Sócrates» faz parte de um «pensamento» que se derrama diariamente em jornais e blogues, sobretudo à direita. O primeiro-ministro tem tanto direito à presunção de inocência, no sentido em que esta expressão é utilizada, como Cavaco Silva, Manuela Ferreira Leite, Paulo Portas, Paulo Rangel ou como o autor da frase, assim como todos os portugueses, não porque decorra da Lei, mas porque não são arguidos em nenhum processo judicial. A história está repleta de exemplos em que a Direita utilizou o exército para derrubar governos democraticamente eleitos. Em Portugal, no século XXI, a direita quer utilizar a polícia. Não há respeito por leis, nem por tribunais.  Há só uma obsessão: derrubar por qualquer meio o governo que resultou das eleições e atacar todos os que defendem que um governo eleito deve governar até novas eleições. E há muito boa gente a alinhar nesta tramóia anti-democrática. Uns, eu compreendo: esta «coisa» da democracia deixa-os em estado de choque; outros, não entendo porque em vez de apresentarem soluções para o país , preferem a «solução policial».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:01

Freeport: investigadores sem novos indícios para deslocação a Londres.

 

Público, 06.03.10.

 

PJ em Londres para investigar novas pistas contra Sócrates.

 

Expresso, 06.03.10.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.