Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



São números, senhor, são números.

por Tomás Vasques, em 09.12.09

Manuela Ferreira Leite, José Pacheco Pereira e um ou outro dirigente do PSD garantiram a pés juntos que se os portugueses soubessem o valor do deficit orçamental e de outros dados económicos antes das eleições de Setembro outro galo cantaria no poleiro. Literalmente. Mas parece que não é verdade. Os portugueses, nestes dois fins-de-semana prolongados, foram ao Multibanco e desmentiram os autores de tais patranhas: no primeiro levantaram 79 milhões de euros por dia, mais 21% do que em igual período de 2008; e no segundo levantaram 68 milhões de euros por dia, mais 15% do que no ano passado. Sem contar com os pagamentos através de TPA, os quais, nos dois fins-de-semana, atingiram os 186 milhões de euros por dia, mais 7% do que no ano passado. Pelos vistos, os portugueses também têm a sua opinião sobre o crescimento económico e a diminuição do desemprego: aumentando o consumo.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25

Desde o tempo em que Santana Lopes lhe saiu o cargo de primeiro-ministro na Farinha Amparo que não havia tanta animação no Paço. Hoje, por exemplo, na primeira audição da Comissão Parlamentar de Saúde, Maria José Nogueira Pinto perdeu a linhagem e a esmerada educação com que o CDS-PP a amamentou e resvalou para a linguagem de carroceiro que o seu novo partido, o PSD, tem ido beber à extrema-esquerda. Disse a senhora deputada, dirigindo-se ao deputado socialista Ricardo Gonçalves: «Não sabia que tinham contratado um palhaço para animar a Comissão Parlamentar de Saúde». Eu acho que isto não tem nada de mal, antes pelo contrário: é uma pitada de sal na insonsa política portuguesa. Grave será quando a democrata-cristão, agora convertida ao radicalismo da Marmeleira, disser ao padre da igreja do Campo Grande, no final da missa das seis, quando o sermão lhe desagradar: «Não sabia que tinham contratado um palhaço para pregar sermões nesta paróquia».

 

(publicado aqui)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:45

Corrupção.

por Tomás Vasques, em 09.12.09

No Dia Internacional Contra a Corrupção, a Comissão Europeia publicou o Eurobarómetro sobre as atitudes dos europeus face à corrupção. Os resultados podem ser lidos de todas as maneiras, da esquerda para a direita, da direita para a esquerda, de cima para baixo e de baixo para cima. Em Portugal, «93 por cento dos portugueses concordam que aquele crime é "um grande problema" do país». No entanto, uma coisa é segura: «Portugal é um dos poucos Estados-membros onde, ainda assim, a percepção da corrupção diminuiu ligeiramente relativamente à anterior consulta, há dois anos, já que, em 2007». Pelo menos, a percepção está a melhorar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:58

O fim do regime.

por Tomás Vasques, em 09.12.09

Muitos comentadores, analistas, politicólogos, historiadores, sociólogos e outros profetas da desgraça (e alguns amigos meus) dizem-me que o regime – este regime nascido em 1974/75 – está à beira do colapso, à beira do fim. Há sinais evidentes de decadência, mas qualquer regime, no seu apodrecimento, e antes de morrer, tem de gerar no seu interior uma alternativa. Faz parte das leis da natureza e da dialéctica. E, olhando atentamente, no sistema político, nestes anos, a única coisa velha que rejuvenesceu, que aparenta se ter transformado em novo é o Bloco de Esquerda (apesar de ter os mesmo protagonistas do passado). Com o devido respeito, das duas uma: ou o BE é a «chave» do nascimento de um novo regime ou este regime está para durar, renovando-se. Escolham e deixem-se de análises incompletas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32

Calor no Alasca?

por Tomás Vasques, em 09.12.09

Sara Palin é uma mulher de armas, de uma têmpera forjada nos gelos do Alasca. Enquanto, meio mundo anda embasbacado com uma tal conferência de Copenhaga, onde se discute umas ninharias, uns pontinhos percentuais na redução das emissões de dióxido de carbono, ela, intrépida, com a visão de futuro que, provavelmente, mais cedo ou mais tarde, a levará a presidente dos EUA, escreve hoje no Washington Post: «As políticas (...) que estão em análise em Copenhaga não vão mudar o tempo que faz mas vão mudar a nossa economia e para pior.» (Ironia à parte, é sempre bom ver alguém, mesmo sem razão, romper a unanimidade e o colete-de-forças do «politicamente correcto).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Inverno quente (2).

por Tomás Vasques, em 09.12.09

Ninguém pode achar mal a qualquer proposta de criação de comissões de avaliação ou investigação parlamentar ou de seguir os passos de Evo Morales, o recém reeleito presidente da Bolívia, quanto ao enriquecimento ilícito e ao sigilo bancário para «investigar la fortuna de algunos políticos y empresários». Quanto maior for a transparência, melhor a democracia. E pelos vistos vamos estar todos unidos nesta luta, já que leio nos jornais: «O Bloco de Esquerda apoia a ideia do PSD de a comissão de Defesa Nacional fazer uma avaliação ao incumprimento das contrapartidas às empresas portuguesas dos negócios de compra de material militar.» Não se esqueçam, porém, de uma coisa: estamos a viver um momento único da nossa história contemporânea (não abarcada pelo estudo de Rui Ramos), uma convergência de astros de difícil conjugação: um maoista é o ideólogo do PSD, um trotskista do BE e um estalinista do PCP. Aproveitem a ocasião porque nem daqui a mil anos teremos outra conjugação de astros tão favorável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:27



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.