Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Notícias da campanha eleitoral (8).

por Tomás Vasques, em 20.09.09

No mesmo dia somos informados que militares passam a pente fino o palácio de Belém e não encontraram nenhum indício de escutas e, horas depois, esta notícia é desmentida pelo Estado-Maior General das Forças Armadas. Ou os jornais andam num frenesim a inventar notícias ou os assessores do Presidente não descansam, nem ao fim de semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:49

Asfixia democrática.

por Tomás Vasques, em 20.09.09

Paulo Rangel, naquele seu estilo a meio caminho entre o marialva e o vendedor de taparuéres, disse hoje: «se criticam José Sócrates, se criticam o PS, Alegre e Soares não podem à última da hora apelar ao voto no PS e ao voto em José Sócrates». Rangel, asfixiado pelo PSD (as opiniões criticas não foram admitidas nas listas de deputados) não percebe, coitado, que as criticas de Alegre e Soares a José Sócrates e ao PS são parte da riqueza democrática do PS, o inverso da asfixia democrática em que o PSD  se afunda.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Liberdade de imprensa. Provedor de Leitores.

por Tomás Vasques, em 20.09.09

O Provedor do Público, Joaquim Vieira, termina hoje a sua análise ao comportamento daquele diário, iniciada no domingo passado, em relação ao «caso das escutas» na presidência da República. O texto é demolidor. Transcrevo os últimos dois parágrafos:

 

 

Do comportamento do PÚBLICO, o provedor conclui que resultou uma atitude objectiva de protecção da PR, fonte das notícias, quanto aos efeitos políticos que as manchetes de 18 e 19 de Agosto acabaram por vir a ter. E isto, independentemente da acumulação de graves erros jornalísticos praticados em todo este processo (entre eles, além dos já antes referidos, permitir que o guião da investigação do PÚBLICO fosse ditado pela fonte da PR), leva à questão mais preocupante, que não pode deixar de se colocar: haverá uma agenda política oculta na actuação deste jornal?

Noutras crónicas, o provedor suscitou já diversas observações sobre procedimentos de que resulta sempre o benefício de determinada área política em detrimento de outra - não importando quais são elas, pois o contrário seria igualmente preocupante. Julga o provedor que não é essa a matriz do PÚBLICO, não corresponde ao seu estatuto editorial e não faz parte do contrato existente com os leitores. É, pois, sobre isso que a direcção deveria dar sinais claros e inequívocos. Não por palavras (pois a coisa mais fácil é pronunciar eloquentes declarações de isenção), mas sim por actos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:36

Notícias da campanha eleitoral (6).

por Tomás Vasques, em 20.09.09

Manuela Ferreira Leite quer assustar os eleitores com o fantasma (e de um fantasma se trata) de um futuro governo PS-BE; Miguel Portas responde na mesma moeda e quer assustar os eleitores (e também de um fantasma se trata) com um futuro governo do Bloco Central, enquanto José Sócrates liga Manuela Ferreira Leite à extrema-direita. Para acabar de adubar o caldo, Francisco Louça, num comício, em Sintra, cita a torto e direito Manuel Alegre e António Arnaut, como se citasse Lenine e Trotsky. E ainda falta uma semana para nos pregarem mais «sustos».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.