Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



|||Lisboa.

por Tomás Vasques, em 05.07.09

E, entretanto, não obstante termos um bom presidente, ainda por cima de ascendência goesa, facto que não é despiciendo, corremos o risco de ver na Câmara de Lisboa um basbaque que já lá esteve e tratou o município como o seu reino de brincar ao faz de conta. O Pedro Santana Lopes, com as devidas distâncias, que são muitas, é o nosso Sílvio Berlusconi. Apesar da mediocridade já demonstrada, há sempre quem lhes admire a beleza alvar dos traços, a virilidade própria dos fodilhões serôdios, a oratória brilhante, a demagogia dos discursos, a megalomania dos projectos, o amor aos pobrezinhos e às velhinhas, a saudade pelos tempos de antanho onde tudo era decente e genuíno. Não havia cá pretos, castanhos e chineses e os teatros de revista estavam cheios de coristas anafadinhas e obedientes. Outros tempos. Comia-se um bom bife na Portugália e podia passear-se na Baixa sem preocupações. A verdade é que o nosso menino guerreiro segue, com sucesso, as pegadas do il cavalieri, imitando-lhe o charme e o populismo. São tantas as qualidades e os atributos, que os eleitores, cansados de políticos cinzentos e sisudos, votam neles. A democracia tem destas coisas. Há um certo apreço pelo que é grotesco e imundo. A falta de vergonha compensa quase sempre.

 

Ana Cássia Rebelo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:36

|||Vou ali, já volto.

por Tomás Vasques, em 05.07.09

Ana Gomes disse à TSF que considera «razoável» a decisão do PS em proibir candidaturas a vários cargos. Razoável é pouco, obviamente, porquanto se trata de uma boa decisão, apenas tardia. Mas, apesar disso, Ana Gomes tem razão quando aponta o exemplo de Paulo Rangel que, mal foi eleito deputado europeu, se disponibilizou para integrar o próximo governo, caso o PSD vença as eleições legislativas. Esta «promiscuidade» das duplas candidaturas e a sua consequência: não cumprir um dos mandatos para qual se foi eleito, não é apreciada pelo «Zé-povinho», o qual, em regra, se desilude, e lhes faz um manguito. Já que andam a regular a quantidade de sal que o pão deve ter, que tal legislar sobre esta questão. É simples: quem não cumprir um mandato, ao qual se candidatou e foi eleito, salvo motivos de saúde ou outros tipificados, deve ficar inibido de se candidatar a qualquer cargo por uma boa dezena de anos. Isto de jogar em vários tabuleiros, desacredita os protagonistas, o que é o menos, mas desacredita, também, o que é grave, a frágil democracia em que vivemos.

(Nota de rodapé: Ilda Figueiredo, cabeça de lista do PCP ao parlamento europeu, é candidata à Câmara Municipal de Gaia?)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:59

|||Prima-donas.

por Tomás Vasques, em 05.07.09

Miguel Sousa Tavares disse ao DN: «Estou a pensar ir-me embora para o Brasil». Só lhe posso desejar boa viagem. Mas o Alto-Volta, mesmo tendo mudado de nome, também não me parece má ideia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.