Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



||| Lagoa Henriques (1923 – 2009)

por Tomás Vasques, em 22.02.09

 

 

«Agora vemos tudo à escala do pequeno ecrã da televisão e do computador. O grande problema do nosso tempo é conciliar a técnica com a ética, a estética e a poética. Eu não quero que a vida pare, mas também não quero que se perca o sentido da filosofia da vida. Eu sou um homem dos cinco sentidos, não me submeto ao pequeno ecrã. O que me norteia é a dialéctica entre o erudito e o popular. E ponho a ética acima de tudo.»

 

Lagoa Henriques

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30

||| Citações.

por Tomás Vasques, em 22.02.09

«Mais forte é a convicção do Ministério Público em Torres Vedras. Aí, uma mãe de Bragança descaída no mapa lobrigou pecado gordo nas fotos de umas senhoras carenciadas, pelo menos daquele mínimo de roupa que assegura uma razoável dose de Islão na Cristandade. Cidadã vigil, queixou-se ao Ministério Público local, reclamando que fôssemos todos poupados à irredimível afronta da "pornografia" (numa extensão conceptual que nos torna todos culpados na banheira). Tiro e queda: proibindo a infâmia no escassíssimo tempo disponível, o pescoço da nossa virtude foi subtraído à guilhotina da nossa luxúria. Realista e folião, o autarca responsável disse aos media da sua surpresa, alimentou o folhetim e, muito institucionalmente, barafustou por requerimento. De um dia para o outro, um (ou uma?) jornalista tentou em vão contactar a ministra da Educação e eu próprio não consegui um comentário, nem do sócio mais antigo da Academia Almadense, nem sequer do dr. Vale e Azevedo. Só que a opinião pública fora já mordida pela cascavel da crítica mordaz. Pelo que o pronto recuo da autoridade - que o autarca, com cifrões no lugar das meninas (e falo das dos olhos) - se desnudou no que era: o baixar da ponte levadiça ao sitiante. Mas o procurador-geral, que foi à Madeira asseverar, para nossa tranquilidade, não haver lá mais corrupção do que no resto do País, explicou que o caso, afinal, era o MP estar em campanha eleitoral - coisa mística em que é melhor não interferir (mesmo quando ela interfere connosco). Mesmo sem a Barbarella, o episódio sugere que é Carnaval.»

 

Nuno Brederode Santos, DN, 22.01.09.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:50

||| Albergue espanhol?

por Tomás Vasques, em 22.02.09

Antigamente convidava-se para os congressos partidários os partidos e personalidades estrangeiras com afinidade ideológicas. Hoje, parece, os convites correm ao sabor das oportunidades. Eu sei que, por exemplo, o BE gostaria de ter a presença de Hugo Chávez no seu congresso na esperança de que os coelhos se reproduzissem muito mais. Mas Chávez não se deu a essa incómodo. Também sei que no PS há quem pense que a presença de Hugo Chávez no congresso dos socialistas é um «trunfo» contra o crescimento eleitoral do BE. Por isso, convidaram-no. É um erro. Um erro crasso. O Governo português pode e deve ter as melhores relações com o Governo venezuelano e com o seu presidente. Seja por causa do petróleo, do Magalhães ou da comunidade portuguesa naquelas paragens. O PS ao convidar Hugo Chavéz vai, em primeiro lugar, transformar o congresso numa feira; em segundo lugar, confundir os porugueses sobre o que é que o PS quer para Portugal. É que Chávez não é o modesto quadro intermédio do Partido Comunista Chinês que, despercebido, esteve presente no último congresso do PS. Chávez é um espalhafatoso militar golpista, presidente da Venezuela, que vê em Cuba o modelo de «socialismo» para toda a América Latina. A ser verdade que Chávez foi convidado para assistir ao congresso do PS, desde o aeroporto até ao aeroporto, o congresso do PS vai ser o congresso de Hugo Chávez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:22

||| Treinador de sofá.

por Tomás Vasques, em 22.02.09

Quem viu o derby lisboeta percebeu que os encarnados são uma equipa insonsa, cinzenta. Não é por acaso que o Benfica não passou da primeira fase da taça UEFA, quando o Braga vai por aí fora. De resto, o melhor elogio ao Sporting, no jogo deste sábado, veio de um meu amigo benquista. Dizia-me ele após o jogo: o Paulo Bento deu-lhes coca ao intervalo. O mais certo é o Braga e o Leixões afastarem o Benfica taça UEFA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.