Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



||| Rescaldo. Memória.

por Tomás Vasques, em 06.11.08

 

 

O Partido Democrata dos Estados Unidos da América apresentou, neste ano de 2008, para que o seu eleitorado escolhesse como candidato à presidência, uma mulher e um negro. Foi uma humilhação à Europa culta e democrática. Para não falar na «libertação da mulher», adorno com que o «socialismo real» moscovita nos «brindou», qual alfinete de dama, apenas para enfeitar, mas cujos resultados – os únicos que contam – produziram apenas a gerontocracia andropoviana.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:57

||| Livros.

por Tomás Vasques, em 06.11.08

 

Gineceu (Papiro Editora), de Cristina Nobre Soares, a partir de segunda-feira nas livrarias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06

||| Manifestações. Alhos e bugalhos.

por Tomás Vasques, em 06.11.08

Vítor Dias pensa que me impressiona com manifestações de 100 000 professores, como se eu não conhecesse as manifestações de um milhão de pessoas convocadas, em Madrid, pelo PP do senhor Rajoy. A razão – e, sobretudo, quando se trata de uma luta corporativa – não se mede em número de manifestantes. Foi pena o 7 de Novembro não ter calhado a um sábado. Os professores teriam comemorado o 91º aniversário da revolução de Outubro…

Ou como escreve o meu amigo Lauro António:

 

«Eu sei que não é politicamente correcto concordar com esta conclusão, por demais óbvia, mas custa-me ver uma classe que tem dentro de si tanto e tão bom material humano, ser amesquinhada diariamente mercê de uma política sindical de todo em todo mal conduzida.

Os professores – classe a que desde sempre me orgulhei de pertencer! - eram uma das classes mais prestigiadas em Portugal, antes desta inglória polémica, onde ninguém tem a razão absoluta pelo seu lado, mas onde a actividade oratória do sindicalista Nogueira coloca a maioria do lado oposto aos professores. O Ministério da Educação não poderia ter melhor aliado. É que já se sabe sempre, com dias de antecedência, o que a "cassete" vem dizer. O desprestígio da política é total em casos como este.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40

||| Citações.

por Tomás Vasques, em 06.11.08

«A América que deixou Billie Holiday morrer à porta de um hospital porque não era branca, foi aquela em que os negros se libertaram através da música e nesse processo mudaram toda a música do século XX. "Música de pretos" na origem, o jazz ou o blues foram desde sempre músicas abertas aos outros, aos brancos. Músicas de sábios negros, também, e eu sempre vi Nelson Mandela de uma certa maneira por um dia ter entrevistado o baterista Max Roach numa escadaria da Gulbenkian. O conhecimento tem um ritmo.


Fala-se pouco de jazz quando se fala de Barack Obama e pode parecer tolo pensá-lo. Mas é esta raiz musical que está por detrás daquela retórica que virou a América do avesso, que transformou os que assistiam ao discurso de vitória de Obama num coro de gospel repetindo "yes, we can". A América ontem foi digna dessa enorme herança de liberdade que não tem muito a ver com raça

 

Miguel Gaspar, Público, 06.11.08.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:17

||| Ficção.

por Tomás Vasques, em 06.11.08

 

António Lobo Antunes não é um escritor muito «querido» entre os mentideros. Desaprovam-lhe a petulância. Nem é um escritor muito lido - dizem. Eu gosto de Lobo Antunes. Da pessoa. Da arrogância e da vaidade. E da obra. Há dias, num debate em Oeiras, Lobo Antunes disse que o último livro de José Rodrigues dos Santos, A Vida Num Sopro, «é uma grande merda». Eu não sei se é ou não porque de José Rodrigues dos Santos só li uma entrevista recente. E essa entrevista ainda mais alicerçou a minha abstinência. Mas isto nada tinha a ver como José Rodrigues dos Santos. Era apenas para dizer que gosto de António Lobo Antunes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:49



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.