Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



||| A Educação [4]

por Tomás Vasques, em 03.03.08
Chegado a este ponto de contestação dos professores à avaliação de desempenho, ao Governo não resta outra saída se não avançar com a avaliação, corrigindo-a com os critérios de razoabilidade, se for caso disso. Os professores não são os donos, nem os destinatários da Educação. São uma ferramenta. Se o Governo está certo da justeza das suas propostas deve aplicá-las sem temores eleitoralistas. Neste momento, qualquer recuo é a morte do artista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

||| A Educação [3]

por Tomás Vasques, em 03.03.08
O postulado marxista segundo o qual a classe operária é a classe mais revolucionária porque, sendo a mais explorada, nada tem a perder na luta contra a exploração, aplica-se hoje aos trabalhadores da Função Pública. Os trabalhadores das empresas privadas sabem que se iniciarem um processo reivindicativo irrealista acabam por levar à falência a «sua» empresa e isso significa o desemprego. Os trabalhadores da Função Pública sabem que, «não têm nada a perder», e muito menos o emprego.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25

||| A Educação [2]

por Tomás Vasques, em 03.03.08
É normal a contestação dos professores: ninguém aceita ser avaliado em concreto, apesar de passar anos e anos a dizer que um dos males da Educação é a falta de avaliação de desempenho dos professores. No fundo, fico com a sensação que esta contestação é comparável às «reuniões de condomínio»: todos os condóminos estão de acordo em pintar a fachada degradada do prédio. Quando se reúnem nunca chegam a acordo sobre os orçamentos e sobre a cor a aplicar. O resultado é que a fachada continua por pintar mais uns anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21

||| A Educação [1]

por Tomás Vasques, em 03.03.08
Parece que a contestação dos professores à avaliação de desempenho saltou por cima dos muros sindicais. Não sei se a proposta de avaliação do governo é justa ou não. Mas não é suposto eu saber, já que, interrogados sobre os pontos da avaliação de que discordam, os professores entrevistados numa manifestação (telejornal de SIC de hoje) também não demonstraram ter ideias precisas. «É a disponibilidade, sei lá, são todos» – foi a resposta mais precisa que ouvi de um manifestante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19

|||Aqui ao lado.

por Tomás Vasques, em 02.03.08

O PSOE de Zapatero, a uma semana das eleições, mantêm uma vantagem de 4 pontos (42, 9%-38,8%) sobre o PP, segundo a mais recente sondagem, a qual acrescenta que 53% dos espanhóis preferem os socialistas no governo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:10

|||Treinador de sofá.

por Tomás Vasques, em 02.03.08
O Sporting ganhou, hoje, em Alvalade, um precioso ponto na luta pelo 4º Lugar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:48

||| Liberdade e democracia.

por Tomás Vasques, em 01.03.08
É bom viver num país em que quem quer se pode manifestar e gritar, alto e a bom som, protegidos pela policia, que vivemos num «estado policial».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31

Pág. 6/6




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.