Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



||| Cataventos.

por Tomás Vasques, em 19.09.07

Os gémeos polacos bloquearam a ideia de um dia europeu contra a pena de morte, como tudo fazem para que o tal «tratado» ou «constituição» europeia não seja aprovado. O curioso é que há muito boa gente que não quer ver a relação entre as duas posições. E, simulando ingenuidade, se ofende com os gémeos quanto à pena de morte e se coloca ao lado dos gémeos quanto à não aprovação do dito tratado. Decidam-se!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:08

||| A cada um a sua causa.

por Tomás Vasques, em 19.09.07
«E onde é que estavam os verdeufémicos ein?», de Cristina Vieira (Contra-Capa).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

||| Treinador de sofá.

por Tomás Vasques, em 19.09.07
Foi bonito ver o estádio de Alvalade – quarenta e tal mil espectadores – a aplaudir Cristiano Ronaldo, o marcador do golo da equipa adversária - o Manchester United. O Sporting esforçou-se, não se intimidou, mas está com um problema grave: o guarda-redes raramente defende a bola com as mão, o que é invulgar para um guarda-redes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34

||| Aquilino Ribeiro.

por Tomás Vasques, em 19.09.07



Aquilino Ribeiro já está no Panteão. Algumas vozes – poucas – discordaram. É normal. Sucedeu o mesmo com Amália Rodrigues e Humberto Delgado, como deve ter sucedido com todos os outros inquilinos. Se ninguém discordasse era um forte sinal de que não mereceria estar lá. A unanimidade não engrandece, diminui.
(Imagem daqui).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:46

O debate.

por Tomás Vasques, em 19.09.07
Os dois candidatos à liderança do PSD, Luís Filipe Meneses e Marques Mendes, encontraram-se ontem num debate na SIC-Notícias. Entalados entre falar para os militantes do partido ou falar para país (o que pressupõe temáticas e linguagem diferentes) e arruinarem (ainda mais) ou não a imagem do partido (o que evitou, de parte a parte, a frontalidade que seria entendida com «lavar de roupa suja»), não conseguiram ir além de uma conversa frouxa, sem chama. Aliás, aquele «esquema» do agora falo eu, agora falas tu, transforma qualquer debate em dois monólogos. António José Teixeira, comentando o debate, disse que o vencedor tinha sido José Sócrates. Talvez seja exagerado, mas não está longe da verdade.
[Adenda: De mal a pior, do Pedro Correia (Corta-fitas)]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:27



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.