Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Coisas simples.

por Tomás Vasques, em 22.06.07
«Desemprego em queda pelo 15.º mês consecutivo : O número de desempregados inscritos nos centros de emprego diminuiu 13% em Maio, face ao mesmo mês do ano interior, pelo décimo quinto mês consecutivo, indicou hoje o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).»

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58

Citação.

por Tomás Vasques, em 22.06.07



«Sempre que perguntarem ao povo português se prefere a obra ou a discussão acerca dela obterão, por regra, como resposta a discussão. Depois da obra realizada, se perguntarem ao povo português, se acha bem que se tenha realizado a obra obterão, em regra, como resposta que sim. Caso a obra tenha sido adiada, se perguntarem ao povo português, se acha bem o adiamento obterão, em regra, como resposta que sim. O problema do povo português não é ter opinião acerca de tudo, e do seu contrário, é o trabalho que dá decidir e mais do que decidir começar, e mais do que começar levar a obra até ao fim
Eduardo Graça (Absorto)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:36

Woody Allen e a Ópera.

por Tomás Vasques, em 22.06.07


Woody Allen vai dirigir uma obra de Puccini para a Ópera de Los Ángeles, cujo director é o tenor Plácido Domingo. Diz que não faz a menor ideia do que vai acontecer, mas acrescentou: «a incompetência ( o desconhecido? - depende da tradução) nunca me impediu de me atirar com entusiasmo». Os «puros» amantes da ópera é que não vão gostar, certamente, da «brincadeira».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

Verão.

por Tomás Vasques, em 22.06.07

«Quase se vê daqui, o Verão» (Eugénio de Andrade).
(Foto: Bruno Espadana).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:23

Dissidências.

por Tomás Vasques, em 22.06.07



Depois de escrever este meu post, em conversa com o meu amigo Manuel, antigo militante comunista (recordam-se de «Breves notas sobre a revolução de 1917 e Portugal», Vida Soviética, n° 30, de Novembro do 1977) dizia-lhe: a minha opinião é, por razões opostas, igual à do partido, mas não é por isso que deixo de ter essa opinião. Hoje, o Avante, pela pena de José Manuel Jara, a propósito do mesmo assunto – o livro de Raimundo Narciso Álvaro Cunhal e a dissidência da terceira via – cita Álvaro Cunhal: «Álvaro Cunhal, no período agudo de turbulência interna do PCP de 1987 e 1988, que culmina no XII Congresso de 1 de Dezembro de 1988, caracterizou a situação política interna do partido como sendo expressão da «crise da consciência comunista de alguns militantes», mais do que uma crise do Partido.» Claro que têm razão, tanto Álvaro Cunhal, como Jara. E no que é que essa razão se traduz? É simples: o reconhecimento do totalitarismo (não uma ditadura de classe, como faziam crer, mas a ditadura de esquizofrénicas nomenclaturas partidárias, de Moscovo a Havana), do logro do «socialismo soviético» e da pobreza que sempre gerou e a impossibilidade de qualquer mudança interna, levaram à «crise da consciência comunista». Obviamente! Mas essa «crise», que corresponde a um outro olhar sobre o mundo, significa a conclusão de que os partidos comunistas não representam os defensores da democracia, da liberdade, do bem-estar dos povos. Representam-se a si próprios – uma empedernida nomenclatura partidária. E, por isso, por não representarem ninguém, apenas podem exercer o poder em ditadura - contra todos. Em suma: os «dissidentes» mudaram: compreenderam a natureza totalitária do partido e do seu projecto de sociedade; o partido, esse, não mudou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:22



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.