Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda...

por Tomás Vasques, em 17.05.07
Fonte bem informada mete um ponto final no assunto: «não haverá convergência entre Sá Fernandes e Helena Roseta para uma lista comum e independente, por indisponibilidade, ainda não explicada, da candidata.» Gostei, sobretudo, do «ainda não explicada». Para ser mais preciso o «ainda» encheu-me as medidas. Azar! Assim se gorou, sem mais, nem menos, a minha secreta esperança de ver Helena Roseta em número 2 na lista do BE. Paciência. Pode ser que para a semana que vem as coisas mudem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Assim não vale.

por Tomás Vasques, em 17.05.07
Duas informações recentes: o INE informou que o crescimento da economia portuguesa acelerou no primeiro trimestre, com um aumento homólogo de 2,1%. O mesmo INE informou, também, que a taxa de desemprego aumentou 0,7 pontos percentuais em Portugal, no primeiro trimestre deste ano, face a igual período do ano passado, para 8,4 por cento. Perante esta última informação – o aumento do desemprego –, o Ministro do Trabalho afirmou que há dados que contrariam tendência mostrada pelo INE. Ora, assim não vale, porque me permite pensar que, provavelmente, há dados que contrariam o crescimento da economia em de 2,1%, anunciado pelo INE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:02

Descer a escada.

por Tomás Vasques, em 17.05.07

Fico divertidamente compungido ao ver passar a procissão do Santo António de Lisboa. À direita do PS atiraram foguetes quando Helena Roseta anunciou a sua candidatura à frente de um «movimento de cidadãos». E fizeram romagem às Portas de Santo Antão, doando assinaturas, num simulacro de quem cumpre um dever cívico. Entretanto, Roseta, ofendida na sua honra ideológica, caminha inexoravelmente para o espaço residual que lhe alimenta os sonhos: a extrema-esquerda. A pedido de Roseta (já tolhida pelo desespero do fiasco que a espreita), Paulo Fidalgo, Bernardino Aranda e João Bau, do «movimento de cidadãos» denominado Refundação Comunista, discutem esta tarde a conjugação de esforços e a mercearia dos lugares nas listas, enquanto Sá Fernandes não se cansa de enviar bombons e ramos de flores à ex-socialista (a bagunça conta-se assim para quem tem memória curta: Fidalgo integrou, em 2005, a lista do Bloco de Esquerda liderada por Sá Fernandes à Câmara Municipal de Lisboa; João Bau, foi eleito pelo BE para a Assembleia Municipal de Lisboa e Bernardino Aranda, foi compensado com uma assessoria a Sá Fernandes). O espaço político (e ideológico) de Roseta está, assim, definitivamente fixado.
Na ala direita desta procissão lisboeta, onde as velas já arderam até ao fim do pavio, o «movimento de cidadãos» encabeçado por Carmona Rodrigues aguarda, até ao último segundo, e sem recurso para o Tribunal Constitucional, que alguém que beneficie com a sua candidatura lhe diga que avance que a recolha das assinaturas está garantida. Sem essa garantia não vai avançar para lado nenhum, naturalmente.
Lisboa transformou-se no laboratório de todas as experiências, de todos os ressabiamentos, de todas as vaidades e de todas as guerras políticas-partidárias. Aguardo serenamente que algum dos muitos candidatos esteja mesmo a pensar em Lisboa.
(foto daqui.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:25



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.