Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Embuçados (1).*

por Tomás Vasques, em 14.04.07


Há mulheres (pelo menos uma) que se chamam Punctum Contra Punctum. Com um nome destes inscrito no Bilhete de Identidade não é de admirar que escreva num blogue que «ACREDITA NO RÁPIDO AFASTAMENTO DE JOSÉ SÓCRATES DO CARGO DE PRIMEIRO-MINISTRO DE PORTUGAL». Não explica é se a coisa vai lá com eleições ou com golpe de Estado.
(via Cristina Vieira (Contra Capa).
* Contra a opinião que se esconde atrás do anonimato.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30

Semear ventos para colher tempestades.

por Tomás Vasques, em 14.04.07
«Pelo mesmo critério... », de Ricardo Alves (Esquerda Republicana).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:17

Memórias.

por Tomás Vasques, em 14.04.07

Aldeia da Luz - a antiga. Foto de João Espinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:08

Blogosfera.

por Tomás Vasques, em 14.04.07



Já aqui escrevi, por diversas vezes, o que penso sobre a blogosfera. Disse o que penso das declarações do Primeiro-ministro a esse propósito; como disse o que pensei sobre o que escreveu Miguel Sousa Tavares acerca da dita blogosfera (que, de certo modo, repete hoje no Expresso) quando caluniado por um blogue anónimo. Mas, por incrível que pareça, Pacheco Pereira escreve agora: «Esta discussão de um "código de conduta" ( conferi Editorial de DN de hoje) dos blogues depois das críticas do Primeiro-ministro à blogosfera, parece-me muito suspeita e censória. Noutra altura, talvez valha a pena, nestes dias é auto-punitiva, é admissão de uma qualquer culpa colectiva especial.» (Abrupto, 13.04.07). Para quem «90% da blogosfera é lixo” é de admirar não aproveitar agora a boleia para a discussão de um «código de conduta» da blogosfera. O lema de Pacheco Pereira é: hoje é censória, amanhã não sabemos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51

Histórias...

por Tomás Vasques, em 14.04.07
«Não te julgues o único autor de histórias neste mundo. Mais tarde ou mais cedo há de haver algúem, mais mentiroso que Baudolino, que a contará
(Última frase de Baudolino, de Umberto Eco)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:58

Há sempre tempo...

por Tomás Vasques, em 14.04.07
«Há sempre muito tempo para magoar, quando se sabe onde estão os ferimentos de guerra
(Última frase de O estranho mundo de Garp, de John Irving)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:25



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.