Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Tomás Vasques, em 13.11.06
Lixo?


Ontem, fiz um comentário a um texto de José Pacheco Pereira (Público, 9.11.06) sobre a “blogosfera”, onde usei o meu “humor primário” para reprovar a “tese” ali defendida. A propósito do dito comentário já recebi 4 e-mail – todos de amigos – onde me dizem, diplomaticamente, que é um comentário “idiota”. Um deles deu-se ao trabalho de escrever quase duas páginas para me dizer, mais coisa, menos coisa, que se não estou de acordo devo explicar seriamente as minhas razões. Estes meus amigos, que me conhecem há alguns anos, deviam saber como eu “despacho” determinados “teses” com uma alarvice que, quase por instinto, acho resposta adequado à “teoria” que pretendo rebater. Às vezes, de tão primária – a alarvice – torna-se incompreensível. Sem querer perder-me em explicações desnecessárias, apenas digo que o texto em causa não dava a menor pista sobre o que o seu autor considera “lixo”: serão os blogues de conteúdo erótico ou os diários intimistas? Serão os blogues escritos por pessoas que não têm curso superior ou aqueles que não versam sobre literatura, arte ou política? Serão apenas os blogues cujos autores se mantêm anónimos ou aqueles cujo nível não se pode equiparar à produção jornalística de diários ou semanários de “referência”? Daí o comentário. Em boa verdade, só encontro nas minhas deambulações “blogosféricas”, ao contrário do autor do texto em causa, na pior das hipóteses, menos de 10% de “lixo”. E sabem porquê? Porque não faço a comparação com a produção jornalística tradicional – matéria em que JPP se mostra viciado. A democratização do “novo mundo” comunicacional deve ser apreciadoa e entendida fora do colete-de-forças elitistas do “velho mundo”. Este “novo mundo” não vai ser plasmado segundo as regras do “velho mundo”. É, efectivamente, outra coisa que se está a desenvolver. Esta é uma má notícia para quem considera que 90% do que existe na “blogosfera” é “lixo”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

...

por Tomás Vasques, em 13.11.06
A República (2).
«Ao ouvir estas palavras, desatou num riso sardónico e exclamou: - Ó Hercules! Cá está a célebre e costumeira ironia* de Sócrates! Eu bem o sabia, e tinha prevenido os que aqui estão de que havias de te esquivar a responder, que te fingirias ignorante, e que farias tudo quanto há para não responder, se alguém te interrogasse.»
*"ignorância simulada".
(Platão, A República)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23

...

por Tomás Vasques, em 13.11.06
Finalmente, o livro.


Santana Lopes lançou hoje o livro onde conta a sua "história"sobre a "conjugação objectiva de interesses de diferentes origens partidárias" que deu termo à sua experiência como primeiro-ministro. Pelas declarações de Santana Lopes durante o lançamento, o livro promete ultrapassar em muito o do pretendente à sua sucessão, Manuel Maria Carrilho (sucedeu-o na pasta da Cultura e pretendia suceder, também, na Câmara de Lisboa). Não vou perder uma única linha!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:42



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.