Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Tomás Vasques, em 28.09.06
the L word.


A melhor série actualmente na televisão portuguesa (Canal 2, depois da meia-noite, todos os dias de semana). As histórias, os sentimentos, as interpretações, a música, a actualidade. Depois do House MD só esta série me prende à televisão (para ser sincero, os jogos do Sporting, também).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:48

...

por Tomás Vasques, em 27.09.06
Esclarecimento.
Em relação ao post anterior o "imaginativo" não se refere à minha pessoa, mas a quem publicou o dito post e o apagou (ou os perigos da blogosfera) no momento imediato a seguir à minha citação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58

...

por Tomás Vasques, em 27.09.06
Um post imaginativo (ou os perigos da blogosfera).
fobia: Aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, , aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui. Em apenas seis dias e sem ter escrito uma palavra. Notável!
(Adenda: «A pior coisa que pode acontecer a um liberal é o delírio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

...

por Tomás Vasques, em 27.09.06
Lições.
Soube aqui - fonte teoricamente bem posicionada - que Paulo Portas, Ribeiro e Castro, Telmo Correia e Companhia são sociais-democratas. De facto, ler é saber mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:19

...

por Tomás Vasques, em 27.09.06
Apresentação.



Amanhã, às 18.30, no Auditório da Fundação Mário Soares, Rua de S. Bento, 160, em Lisboa: "Memórias de um Guerrilheiro, de Alcides Sakala. Apresentação porMaria Antónia Palla.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:44

...

por Tomás Vasques, em 27.09.06
O Estado é o maior entrave à competitividade do sector privado.

Foi hoje dada a notícia, pelo DN, (Privados prejudicam imagem de economia portuguesa) do índice global calculado pelo Fórum Económico Mundial para medir a competitividade de 125 países. Portugal ficou em 34º lugar no “ranking”, descendo 3 lugar em relação ao ano anterior. Da leitura retiram-se algumas conclusões interessantes:
1. O “Estado Social” é mais competitivo que o “Estado liberal”. Os países escandinavos são mais competitivos que os EUA. (Exemplo, a Suécia ocupa o 3º lugar e os EUA o 6º).
2 O Estado é o maior entrave à competitividade do sector privado. Os factores mais problemáticos para os negócios em Portugal têm origem no Estado, a saber: a) Burocracia do Estado; b) Regulação do mercado de trabalho; c) qualificação da mão-de-obra (tem mais a ver com a Educação do que com a formação) e d) Impostos e sistema fiscal. Com um Estado a originar tantos e tão pesados factores negativos não há sector privado que resista.
3. O resultado obtido por Portugal referente a 2005 tem uma atenuante. O índice é calculado a partir de dados quantitativos (indicadores estatísticos, por exemplo) e dados qualitativos (inquéritos realizados aos dirigentes empresariais). Ora, estes inquéritos foram realizados na Primavera de 2005. Ou seja, no momento em que tinha acabado de passar o furacão Santana, cujo epicentro se desviou em grande correria para Bruxelas, e que arrasou literalmente Portugal durante 9 longos meses. Entende-se pois o estado de espírito dos empresários que responderam ao inquérito nesta altura. “Isto está uma grande merda” – deve ter sido o mínimo que podiam dizer.
4. De qualquer maneira, este “índice global” da competitividade do país vale o que vale: é só consultar a lista dos “factores problemáticos” e constatar que a corrupção está no fundo da lista.

Em conclusão: o título Privados prejudica imagem de economia portuguesa é, no mínimo, enganador. Seria mais adequado à leitura dos dados dizer: O Estado é o maior entrave à competitividade do sector privado. É necessário fazer a advertência não venha para aí algum Mestre Pensador propor novas nacionalizações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:15

...

por Tomás Vasques, em 27.09.06
Rápidas:
1. «Patriarca diz que o aborto não é um problema religioso», DN.
2. «A síndrome do Cavalo de Alter», Jumento.
3. «... na Buchholz, na Fnac e na Bertrand ninguém sabe quem é o Arroja». Bloguitica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
Brasil - Partido da Frente Liberal (PFL).


Os liberais brasileiros não bricam em serviço: Camila Kiss, de 28 anos, modelo e atriz, já posou nua em revistas masculinas; hoje, actua em programa televisivo humorístico e é a candidata a deputada estadual pelo Partido da Frente Liberal (PFL). Liberal por liberal, prefiro a Camila ao Professor Arroja. (Via Puxa Palavra).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:48

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
Comovente.

«Esta greve do metro, que deixou tanta esquerda apeada de manhã, fez mais pela profusão dos ideais liberais e da flexibilização dos mercados de trabalho que mil Compromissos PortugalRodrigo Moita de Deus (Revista Atlântico).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
Sapato do dia.


AT (A Espuma) inaugurou há alguns dias uma nova secção chamada SAPATO DO DIA. (Desfeito o equívoco com um abraço ao Manuel António Pina ).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
Não há nada como...
um «Cocktails Molotov

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
Uma pequena provocação...
A propósito deste post, lembrei-me da seguinte frase:" É a primeira vez que o Presidente da República vem à Covilhã desde a última vez que aqui esteve" (Américo de Deus Rodrigues Tomás, Presidente da República de Portugal de 1958 a 1974).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
Até dá gosto ler.


«A republicação, por Fernanda Câncio, da entrevista que ela fez a Pedro Arroja há mais de uma década, no seu estilo fogosamente militante. Os temas abordados continuam em aberto e mantêm plena actualidade, o que mostra como são longos e árduos os trilhos do liberalismo. Mas a luta continua...» Circula por aí - na internet, obviamente - uma entrevista da grande aquisição desta época do Blasfémias, um tal Professor Arroja, do início dos anos noventa. Costumo destacar uma ou outra passagem, mas neste caso concreto gostei de toda e entrevista. Cada resposta conduz-nos ao paraíso. Não queria citar uma única frase, mas o rigor científico do professor não me deixa margem de manobra: "os negros americanos não estão na sua própria terra"- respondeu (todos os racistas chamam "negros" aos pretos).Qualquer raciocínio de um professor minimamente honesto intelectualmente, em consequência, acrecentaria que "todos os outros americanos, também, não estão na sua própria terra" porque só os "peles-vermelhas"(quase extintos, e o que resta a viver em jardins zoológicos denominadas "reservas") são os únicos que estão na sua própria terra. Porquê só os pretos? Obviamente, porque o Professor Arroja é branco; se fosse preto mordia a língua. Com a divulgação desta entrevista o Blasfémia está à beira de esconder o dito Arroja no baú. ... Chapéus há muitos. Só mais uma coisita: aquela dos pobrezinhos venderem o seu voto aos ricos é uma grande ideia... Garanto-vos que Arroja vai ficar na blogosfera como sinónimo de anedota!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:19

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
E esta?
Venezuela Portuguesa da Silva, luso-venezuelana, como o próprio nome indica, 52 anos, advogada, é candidata às eleições presidenciais de 3 de Dezembro defrontando Hugo Chàvez. A "nossa" Venezuela da Silva, cujo avô era de Aveiro, é apoiada pelo movimento Nova Ordem Social.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:17

...

por Tomás Vasques, em 26.09.06
Até amanhã.


(Eider Astrain - Medias 32 x 39 cm Óleo y carboncillo sobre cartón)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:27




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.