Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
Até amanhã.












(Lucian Freud).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
A idade é um posto
«- Leonard, morde-me... com força.
- Não posso, estes já não são os meus dentes.»
Uma comédia sexual numa noite de Verão, escrito e realizado por Woody Allen (1982)
(Solvstäg)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:45

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
Coisas que nunca te disse. (2)


«Como podes viver com todo isto nas tuas paredes: Motherwell, de Kooning, Still, Pollock, Kline?» - Franz Kline durante uma festa na casa de uma amiga, em Janeiro de 1962.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
Pecados da memória.
Sexta-feira, 26 de Novembro de 2004, a poucos dias da dissolução do Parlamento e da convocação de eleições legislativas antecipadas, uma entrevista de Helena Roseta dava título de primeira página ao "Independente":“PS não está preparado para governar”. Vistas curtas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:51

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
Buenos Aires de Rodolfo Rabanal

«Bajo el cielo lechoso del mediodía cálido, Buenos Aires le pareció hostil. Destestaba el fragor do tráfico,la impericia mal disimulada de los taxistas novatos, la desmedida confianza de los taxistas veteranos, las interminables charlas irónicas sobre la realidad política, el mal funcionamiento de los teléfonos, el gentío desbordante, a nueva raza de tipos hablando solos en plena calle a un teléfono celular móvil, del tamaño de un zapato permanentemente pegado a una oreja. Destestaba la solicitud la histérica alegría de los nuevos ricos que poplabam su barrio. Amaba la noche de la ciudad el umbral de la madrugada, o el declive descomprometido de la tarde del sábado (...) »

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:39

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
Uma boa notícia.
Já temos a terceira equipa portuguesa - o Benfica - nos Campeões Europeus. (Não esquecer: sou sportinguista, mas obviamente prefiro o Benfica ao Austria de Viena).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:59

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
Câmara de Setúbal
Perante a desfaçatez política do PCP, ao querer substituir-se aos eleitores na apreciação do desempenho do presidente da Câmara eleito nas últimas autárquicas, obrigando-o a renunciar ao cargo, o PSD e o PS, pela boca dos primeiros vereadores eleitos, Fernando Negrão e Vítor Ramalho, desafiaram os comunistas a provocar eleições intercalares. Isto significa que, para os dois partidos, é politicamente insustentável a manutenção do actual executivo municipal após a renúncia de Carlos de Sousa. E, assim sendo, mesmo que o PCP não aceite este o desafio, não resta outra saída digna ao PSD e PS senão provocarem eles próprios as eleições antecipadas, na medida em que detêm a maioria no executivo. Só o calculismo eleitoral pode impedir esta saída.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
EXTRAORDINÁRIO OU TALVEZ NÃO.
Já aqui se tinha escrito há quase um mês atrás: Uma força militar europeia significativa no sul do Líbano seria um grande avanço na actual situação na região. É triste que o PSD e o CDS (ou o PP, nunca sei como o designar) por mesquinhas razões politiqueiras digam que sim, mas levantem obstáculos, críticas, etc.). Passado um mês esta nota está actualizada. Já não sei se isto é EXTRAORDINÁRIO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:15

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
O soldado conhecido e as más estratégias
«Assim, o resgate do cabo Shalit, que passou a desempenhar nesta guerra o papel do "soldado conhecido" (por oposição ao "desconhecido", que personifica todos os soldados mortos numa guerra terrível), transformou-se numa estratégia de confronto aberto com libaneses e palestinianos que, visando apenas os mais radicais, acabou por lhes dar força e fê-los aumentar o apoio junto das respectivas populações. O Hezbollah e o Hamas estarão mais fortes depois deste conflito, contradição que Israel se mostra incapaz de resolver. Aliás, Olmert e Bush parecem irmanados no delinear de estratégias que, projectando o êxito, acabam por resultar em óbvios fracassos. Em Israel, as críticas avolumam-se e o balanço feito pelos militares (analisado por Jorge Almeida Fernandes no PÚBLICO do passado domingo, na secção Ponto de Vista) é amargo: marginalização dos moderados e vitória maioritária dos radicais do Hamas no ainda embrionário Estado palestiniano e apoio popular dos libaneses aos radicais armados do Hezbollah. Na mesma edição do PÚBLICO, o historiador britânico Timothy Garton Ash fazia idêntico balanço para a malograda cruzada antiterror de Bush, colocando-se do ponto de vista do envolvimento da Grã-Bretanha: "A tragédia é que, em vez de dedicarem os nossos recursos à reconstrução do Afeganistão, corremos para a guerra dos neoconservadores no Iraque, criando assim dois malogros sangrentos em vez de um possível êxito."Tudo isto já foi dito muitas vezes, doutras formas, e por isso se torna ainda mais dilacerante perguntar: o que leva a alimentar tais estratégias "suicidas"?» Nuno Pacheco, Público 22.o8

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:02

...

por Tomás Vasques, em 22.08.06
Não tarda muito ainda pedem o comando das tropas a Portugal.
1. O PRIMEIRO PASSO: Durante semanas, a França esperneou com a exigência de uma força de interposição no sul do Líbano. Uma força de que ela, a grande França, seria a espinha dorsal. Foi aprovada uma resolução à sua medida. E fixado um número: 15 mil homens. Passados dez dias (depois de negociados vários drafts, sempre por exigência francesa, a votação realizou-se a 11 de Agosto) a França mandou ontem para o Líbano 49 homens. Quarenta e nove. Quarenta e nove de um total de 200 que está disposta a destacar. Nem mais um. Duzentos.
2. Itália disponível para comandar UNIFIL: O primeiro-ministro italiano, Romano Prodi, comunicou hoje ao secretário-geral da ONU, Kofi Annan, a disponibilidade do país para assumir o comando da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL).
A Europa não existe: é apenas uma fiçcão literária.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:40



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.