Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



||| O tempo.

por Tomás Vasques, em 07.11.07
O tempo é uma «coisa» tramada. Nem pára, nem nos dá descanso. É mortífero. Se não fosse a velocidade constante em que o tempo engrenou não havia velhice, nem morte. Por culpa do tempo que não pára, nem se compadece, estou temporariamente «sem tempo» para uma presença diária nestas andanças. Mas atrás do tempo, tempo virá. Espero. E quem espera sempre alcança, diz a sabedoria popular. Fico, pois, por agora, intermitente: sempre que o tempo vier ao meu encontro, apareço; sempre que, ingrato, o tempo me desapareça, eu desapareço à procura do tempo para voltar aqui. Contra o tempo não se luta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.