Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ter ou não ter programa, eis a questão...

por Tomás Vasques, em 03.05.11

A última semana foi marcada pelos "programas eleitorais". Ninguém de bom senso lhe atribui um valor rigoroso, porque gato escaldado de água fria tem medo. Cada vez mais o eleitorado sabe que se tratam de promessas, descartáveis ao menor sopro de vento. No entanto, quer se apresentem sob a forma de documento final, quer sejam espalhadas de forma avulsa, as "propostas de governação" que os dois maiores partidos colocam em cima da mesa, não são desprezíveis. Antes pelo contrário. Servem de "orientação" às opções de uma parte significativa do eleitorado, aquela que acaba por decidir quem nos governa. É nessa fatia do eleitorado, decidida a apostar no mal menor, que se concentra a atenção de PS e PSD.

 

(Ontem, no i. Ler mais).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:24




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.