Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar.

por Tomás Vasques, em 26.01.11

Circula por aí muita conversa fiada sobre eleições legislativas antecipadas, ampliada com a vitória eleitoral de Cavaco Silva. É natural. Por pressão interna do partido, Passos Coelho precisa de chegar rapidamente à chefia do governo, antes que, na tradição do PSD, o enviem definitivamente para Massamá. O «aparelho» está sequioso para ocupar os lugares da nomenclatura governativa, institutos, empresas públicas e por aí fora e exige-lhe que se apresse. São muitos anos apeados e, mais algum tempo, toda uma geração perde a oportunidade de se sentar à mesa do «poder». No entanto, Passos Coelho sabe que a pressa é má conselheira, e não quer correr riscos. E sabe, também, que quem provocar uma crise política por motivos «não atendíveis» pelos portugueses, sobretudo na presente situação de penúria e má sorte, corre o risco de ser penalizado eleitoralmente. Daí que, aposte na necessidade de «entrada» do FMI como o «facto» que fundamente a dissolução da Assembleia da República, descartando-se da apresentação de uma moção de censura ao governo, cujo resultado seria incerto. Por seu lado, o Presidente da República, agora reeleito, não vai mexer uma palha (mesmo com a «entrada» do FMI), enquanto não tiver a «certeza absoluta» que da realização de eleições antecipadas resultará uma nova maioria parlamentar. O pior que lhe podia acontecer, a Cavaco Silva, para além do «caso BPN», era o PS voltar a ganhar as eleições ou ganhar o PSD, mas sem obter maioria absoluta, mesmo com o CDS. Tudo visto, parece-me que a esperada reeleição de Presidente da República nada alterou no figurino político. Antes pelo contrário: demonstrou que os eleitores preferem estabilidade política a mudanças incertas e nebulosas. Como diz o povo: «Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar».

 

(Publicado no Aparelho de Estado)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:16




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.