Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A coisa está negra.

por Tomás Vasques, em 15.11.10

A Europa está madura para grandes transformações políticas e sociais, como no tempo da revolução francesa ou da revolução soviética. Agora, as exigências são outras: mais democracia, mais transparência, mas rigor nas contas públicas, melhor distribuição da riqueza produzida. As velhas soluções protagonizadas pelos partidos comunistas (entre nós pelo PCP e pelo BE) caducaram e, por isso, não mobilizam o descontentamento resultante da profunda crise em que vivemos. Ninguém produz uma ideia nova, um rumo – partir a loiça toda para construir tudo de novo. A filosofia alemã não produziu, em mais de um século, um outro Marx (ou mesmo um Hegel ou um Engels). Heidegger não deu uma para a caixa. A senhora Merkel (que não foi bafejada pela filosofia alemã) reúne num só corpo o pior das «duas» Alemanhas. Os socialistas, sociais-democratas, liberais ou democratas-cristãos andam todos aos papéis no caixote do lixo: estão à espera que o mundo volte a ser o que era. Não volta. E se não volta o que está para a frente é algo diferente, ainda indecifrável. Este era o momento da Europa dar o murro na mesa. Para sobreviver. Para decifrar o futuro. Mas não há pensamento político consistente que sustente o murro. E todos têm medo de partir o pulso, em vez de partir a mesa. Os «mercados financeiros» agradecem a inércia, enquanto por cá  há quem acredite que um Passos Coelho ou um Paulo Portas podem resolver a situação. Haja juízo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:05




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.