Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


||| Intimismos.

por Tomás Vasques, em 16.09.08

Eu não sou de intimismo, apesar de ter anunciado que o meu carro ficou debaixo dos escombros da queda de árvores, ali ao Príncipe Real, e que, apesar do senhor vereador Sá Fernandes, de imediato, com os jornais por perto, ter dito que a Câmara de Lisboa assumia as responsabilidades pelos prejuízos, parece-me que eu terei de pagar tudo, do meu bolso, tostão a tostão, desde o reboque à reparação, não obstante as raízes das ditas árvores estarem podres de velhas. Depois, um dia mais tarde, neste mandato ou noutro, serei ressarcido dos prejuízos. Já nem penso nos meus prejuízos, mas preocupo-me com as coitadas das espanholas que têm o carro desfeito a ganhar bolor no parque de estacionamento do Colombo: foram de comboio para a sua santa terrinha e ficaram de enviar a factura dos bilhetes para a Câmara de Lisboa a fim de reaverem o dinheiro dispendido. Elas não devem saber que nós, por cá, temos uma Santa Engrácia. Passemos à frente. Como ia dizendo, ao começo, não sou de intimismos, por isso fiquei estarrecido com a macabra história do famoso Pedro Arroja, do Blasfémias e, sobretudo do comentário nº 6. Uma história divertida, do tipo:

 

«Passados cinco minutos, o meu comentário, o do Celan e o novo comentário do Assustado foram apagados. E, em lugar deles, o CAA escreveu este comentário. Conhecendo o que a casa gasta, eu tinha já colocado um comentário numa caixa do João Miranda, e o mesmo fez mais tarde o Assustado (aqui) agora duplamente indignado, mas sempre correcto

 

E que finaliza assim:

 

«E a opinião que eu tenho acerca do CAA é a de que é um badameco.»

 

Para que serve tanta intimidade na praça pública, quando, como confessa o célebre professor Arroja:

 

«vou em breve fazer 55 anos, passei mais de trinta anos a educar pessoas na universidade e na minha família. Tenho quatro filhos todos adultos. Em breve serei avô. Sobre a maior parte das coisas da vida eu já não vou modificar a opinião que tenho, em parte porque já não disponho de tempo para isso.»

 

E, depois, sou eu que tenho mau feitio!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:22



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker