Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


||| Censura. Solidariedade. Mudar para o Sapo.

por Tomás Vasques, em 27.07.08

 

O  Jumento – um dos mais activos blogues portugueses – foi alvo de denúncias quanto ao seu conteúdo junto da Blogger. O seu autor não tem dúvidas quanto aos denunciantes:

 

«Não fiquei nada surpreendido com a censura a'O Jumento, estava à espera, não estranhei o facto de os sacanas fascistas que se dizem de esquerda terem deixado de encher a caixa de comentários. Durante meses O Jumento teve os seus comentadores que diariamente cumpriam as suas obrigações de militância tentando denegrir o seu autor, multiplicavam-se os comentários rascas, o comentários duplicados e outras tentativas de acabar com o debate na caixa de comentários.

Depois dos mails com ameaças e ofensas e dos comentários rasca e como nada conseguiram desapareceram misteriosamente, fiquei à espera da nova estratégia destes sacanas e era de esperar este golpe. Por isso ontem voltaram à caixa de comentários para comentar os estragos.

Enganaram-se, O Jumento foi e vai continuar a ser mais fortes do que eles denunciando-os por aquilo que são, fascistas. Como todos os fascistas são cobardes, receiam o debate e tentam calar os adversários, dizer que são de esquerda é ofender todos os que são de esquerda

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:07

||| A frase.

por Tomás Vasques, em 27.07.08

«Camaradas: a tarefa prioritária e permanente para as forças progressistas, e em primeiro lugar para os comunistas, é fazer frente, em todo o mundo, com firmeza e lucidez, à ameaça que representa para a humanidade a estratégia neo-fascista de um sistema de poder que aspira a militarizar a Terra. O processo de militarização e fascização da sociedade norte-americana prossegue. E essa realidade não pode ser ignorada

 

Intervenção de Miguel Urbano Rodrigues no Fórum Unidade dos Comunistas, em Florianopolis, a 19 de Julho de 2008.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:52

||| Cuidado, vem aí o fascismo? (2).

por Tomás Vasques, em 14.01.08
«O herói antinazi»

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:53

||| Cuidado, vem aí o fascismo?

por Tomás Vasques, em 13.01.08
Alínea a): António Barreto escreveu: «Não sei se José Sócrates é fascista».
Alínea b) Zita Seabra, disse: «Liberdade e democracia estão em perigo».
Alínea c) O PCP é useiro e vezeiro em escrever que estamos no «grau zero da decência e do espirito democrático» (corrigido) (Vítor Dias), num «estado policial» (Luís Garra, coordenador da União de Sindicatos de Castelo Branco) ou na «ditadura socratiana de fachada democrática» (Miguel Urbano Rodrigues).
Alínea d) Factos: Zita Seabra e António Barreto militaram no PCP.
Alínea e) José Pacheco Pereira, num exercício demagógico, insurge-se («O absurdo é ver ataques a António Barreto por ter sido comunista há 40 anos…») quando se estabelece estas sintonias.
Alínea f) A gravidade, para Pacheco Pereira, está em evocar um estatuto de há 40 anos e não em ter dúvidas sobre se o primeiro-ministro de Portugal é ou não fascista. Ainda por cima da parte de quem devia «prezar a liberdade de uma forma que só pode ser prezada por quem não a teve».
Alínea g) Escrever «Não sei se José Sócrates é fascista» é rigorosamente o mesmo que dizer, como Bernardino Soares: «Tenho dúvidas que a Coreia do Norte não seja uma democracia».
Alínea h) Mas o que para mim parece claro para outros não será. É bom que seja assim.
Alínea i) Sei que ajudo a defender a democracia ao não alinhar na histeria anti-fascista do momento, venha ela de onde vier.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35


Ver um destacado militante comunista classificar-me, a mim, de estalinista. Nunca um comunista terá proferido uma ofensa tão grave a memória de Josef Stalin.
PS. Aguardo a todo o momento que o Avante me dedique umas linhas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:42



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker