Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


||| Sinais de mudança.

por Tomás Vasques, em 23.01.09

Barack Obama assinou, ontem, ordens consagrando o fecho de Guantánamo no prazo de um ano e o fim das prisões secretas da CIA no exterior; proibiu a tortura e levantou as restrições ao financiamento governamental de organizações que forneçam serviços de aborto,

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54

||| Dúvida.

por Tomás Vasques, em 21.01.09

A minha dúvida, neste momento, é a seguinte: Barack Obama vai mudar a América ou a América vai mudar Barack Obama?.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06

||| Coisas simples.

por Tomás Vasques, em 20.01.09

Barack Obama é um supositório envolto em areia grossa para a esquerda radical que hoje se babou com a tomada de posse do presidente norte-americano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

||| Barack Obama.

por Tomás Vasques, em 20.01.09

 

A tomada de posse de Barack Obama arrumou, em termos mediáticos, com o funeral de Lady Di. Uma coisa é Elton John; outra é Arehta Franklin. E 2 milhões de almas a assistir ajudam muito. Obama é um «animal político». Demonstrou-o durante a campanha eleitoral, nas escolhas do governo e no discurso de tomada de posse. E, hoje (depois do descalabro da «liderança» financeira, sem rei, nem roque), é necessário que a política volte ao posto de comando. Depois da tomada de posse de Obama, a América nunca mais voltará a ser o que foi. E muito menos o que foi nos últimos 8 anos. Quanto ao resto ficamos à espera.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28

|||Povo americano.

por Tomás Vasques, em 19.01.09

 

 Amanhã, 20 de Janeiro de 2009, prova - mais uma vez - a vitalidade democrática do povo norte-americano.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:09

||| A crise.

por Tomás Vasques, em 09.01.09

Barack Obama começa a dar os primeiros avisos: ontem avisou que a recessão pode ficar por vários anos; hoje acrescentou que a situação económica dos EUA é cada vez mais grave e está a deteriorar-se.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:25

||| A crise.

por Tomás Vasques, em 19.12.08
Nos Estados Unidos não ter carro está cada vez mais caro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53

||| Gargantas fundas.

por Tomás Vasques, em 19.12.08
Morreu Mark Felt, o «garganta funda» que tramou  Nixon. Os presidentes dos Estados
 Unidos nunca se deram bem com «gargantas fundas». 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:51

||| Obama. Costumes. Mudanças.

por Tomás Vasques, em 05.11.08

 

 

Barack Obama é presidente dos Estados Unidos da América. Este facto é, só por si, uma mudança. Mudança da «percepção» que os americanos tem de si, enquanto povo. A dimensão da participação eleitoral e a dimensão da vitória reforçam esta mudança. A mudança exteriorizou-se com Obama. Resta saber se está para além de Obama.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:24

||| Obama. Costumes. Mudanças [2]..

por Tomás Vasques, em 29.10.08

 

Reynolds Price, escritor e professor universitário, autor da Introdução aos Contos Completos, de Truman Capot (Sextante Editora, 2008), escreve: «a América nunca foi um país de leitores» de ficção literária. Quem não soubesse isso de fonte limpa, pelo menos adivinhava. E acrescenta que, no século XX, «apenas dois notáveis ficcionistas lograram penetrar na maior parte dos lares americanos – Ernest Hemingway e Truman Capot». Ambos chegavam através das revistas Life, Look ou Esquire. Ora, quer Hemingway, quer Capot, não eram exactamente a respeitável Corín Tellado. Nenhum dos dois, cada um à sua maneira, «encarnava» o «espírito» e a «ambição» da classe média norte-americana. Aliás, cada um deles se suicidou, também, à sua maneira: um com uma bala na cabeça; outro com álcool e drogas. No entanto, a acreditar em Reynolds Price, foram os únicos ficcionista que «penetraram na maior parte dos lares norte-americanos». Será que Obama está a beneficiar de um efeito ao retardador?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:07

||| Obama. Costumes. Mudanças.

por Tomás Vasques, em 29.10.08

 

Esta fotografia é de hoje, 29.10.08 (El País): quando um candidato às presidenciais norte-americanas se apresenta, numa acção de campanha, a 6 dias das eleições, de ténis, jeans e blusão; quando esse candidato é negro; e quando esse candidato é o melhor colocado nas sondagens para ocupar o cargo de Presidente dos Estados Unidos, é caso para dizer que os «costumes» do povo norte-americano estão em acelerada mudança. Será que o extremista George Bush enterrou definitivamente a «América» conservadora que o sustentou durante dois mandatos?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44

||| Popularidade.

por Tomás Vasques, em 01.10.08

George Bush pode deixar a Presidência dos Estados Unidos como o presidente mais impopular da história do país. Numa sondagem hoje publicada em The Washington Post,  70 % dos americanos desaprovam as políticas da Administração Bush. Os piores resultados de sempre pertenciam a Harry Truman (67%, 1952) e Richard Nixon (66%, 1974). É obra!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:37

||| Tiro no porta-aviões.

por Tomás Vasques, em 29.09.08

Hoje, os Republicanos, na Câmara dos Representantes, em nome da pureza ideológica «neoliberal», desautorizaram Bush, bombardearam McCain e deram indicação de voto em Obama. Ainda por cima, inutilmente. Daqui a uma semana vão dar o dito por não dito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:53

||| Onde é que eu ouvi isto?

por Tomás Vasques, em 18.09.08

O governo da República Popular da China começou ontem a comprar acções de 3 bancos chineses – Industrial and Commercial Bank of China, Bank of China e China Construction Bank – «de modo a sustentar as suas cotações num contexto de queda dos mercados bolsistas».  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:42

||| Preto, branco e cinzento.

por Tomás Vasques, em 17.09.08

A Reserva Federal dos EUA optou pela nacionalização da seguradora American International Group (AIG), entregando 85 000 milhões de dólares contra 80% dos activos da Companhia. A decisão da Reserva Federal, considerada a intervenção mais radical de sempre num negócio privado, vem demonstrar, mais uma vez, que os livros de receitas, mesmo com capítulos sobre falências, só servem para dar umas pistas. A arte está no cozinhar, não na receita. Os fundamentalismos e purismos ideológicos e económicos estão a ir ao tapete todos os dias. E, a procissão, apesar de já ter saído do adro, ainda está longe de regressar à Igreja.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:53



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker