Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Vítor Dias preocupa-se com os meus modestos e sintéticos escritos neste dazibao. Na economia de tempo de quem tem o azar de não fazer da escrita profissão, alinhavo à pressa umas poucas linhas (pouco mais de 500 caracteres), onde consigo falar sobre ciclismo, jogos olímpicos, e na pedalada, a despropósito, escrevo: «A opção de Álvaro Cunhal pelos soviéticos e os ataques ao PC Chinês, no começo dos anos 60, é mais um dos sucessivos erros de apreciação do endeusado dirigente do PCP. Hoje, passados 40 anos, os comunistas portugueses, habituados a engolir sapos, dão a mão à palmatória, sem o admitirem, e lá vão defendendo o PC Chinês. Afinal, os soviéticos eram mesmo “revisionistas”». Vítor Dias lê e não resiste. E decide explicar-me com mais de 2 000 caracteres (um autêntico esbanjamento de palavras) que «talvez não valha a pena explicar-me» que o PCP tem sempre razão, como se fosse um herói imortal de banda desenhada. Por mera educação, como todas as cartas devem ter resposta, e já que a conversa tinha descambado para o «revisionismo» soviético, teço umas simples considerações sobre Krutchev. E acrescento, para não ser esmagado pelos caracteres de Vítor Dias, que o PCP sempre apoiou quem esteve no poder, desde Estaline a Gorbachev, passando pelo dito Krutchev, sem cuidar de lhe apreciar as diferenças, e muito menos entender que a «construção do socialismo» em ditadura é uma treta. Vítor Dias, amarfanhado, replicou. Desta vez não me mandou comprar «chapelinho ou boné para proteger as meninges da inclemência deste sol de Agosto», mas voltou com a cassete: ele fala em alhos, eu respondo em bugalhos, mas nunca responde à questão: aquilo na Coreia do Norte é uma democracia ou uma ditadura?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:02



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker