Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Grunhidos.

por Tomás Vasques, em 28.08.09

Passando os olhos pela opinião escrita, sobretudo nos blogues, percebe-se que, em certos meios, a narrativa política e o debate são de uma pobreza confrangedora. Mete dó. Com a agravante de muitos dos seus autores estarem vaidosamente convencidos que têm dentro da sua cabeça um «mundo novo» ou um «novo regime». Não produzem uma ideia, não fabricam um pensamento. Destilam grunhidos, como as claques de futebol mais violentas. Os exemplos são muitos, mas os mais frequentes são a associação de José Sócrates ora a Pinochet ora a Estaline ou Manuela Ferreira Leite a Salazar. Esta pobreza introduzida no debate político só pode aviltar a democracia. Talvez seja essa a intenção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:44




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker