Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E O RESPEITINHO PELA HISTÓRIA?

por Tomás Vasques, em 02.05.07


Meu caro João Tunes: com simpatia escreve que eu deturpei a história neste meu comentário sobre o 1º de Maio de 75. E cita-me: Recordam-se do 1º de Maio de 1975? O PCP, com Álvaro Cunhal à cabeça, apodera-se, no bom estilo estalinista, como quem está à beira de tomar o poder, da manifestação no estádio do INATEL e impede Mário Soares e os socialistas que o acompanham de chegar à tribuna.
Não presenciei os factos com estes olhos que a terra há-de comer. Aliás, como escrevi aqui. Não vou, pois, armar-me em defensor de «verdades históricas» porque as »verdades históricas» me arrepiam. Deixo esse papel a outros. Contudo, não posso deixar de sublinhar dois aspectos que sustentam a «não-deturpação» da história sustentada pelo João. O primeiro, quando escreve:« Eu estive lá desde o início, quando se começou a organizar o desfile, e ocorreu junto a mim, então simples manifestante pró-CGTP» (sublinhado meu); o segundo, quando escreve: «os “incidentes” foram um acto conscientemente programados pela direcção do PS de provocar o confronto. E o que aconteceu dentro do Estádio 1º de Maio foi um desfecho, um culminar ou uma consequência, da investida e desacatos dos militantes socialistas, numa acção organizada, durante a organização do desfile» ou «Reconheci um dos chefes da “força de choque socialista”, Pedro Coelho (então dirigente do PS)» (sublinhados meus). Caro João, ao menos não deturpei quanto à existência de incidentes; apenas deturpei quanto aos autores materiais dos ditos. Foi Mário Soares e as suas tropas de choque que entraram pelo estádio do INATEL adentro e, à boa maneira estalinista, provocaram Álvaro Cunhal que pacatamente comemorava o 1º de Maio entre a sua gente – os trabalhadores. Poderia dizer que esta versão é uma visão de um manifestante pró-CGTP . Mas não digo. Apenas digo: assim seja!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker