Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Tomás Vasques, em 31.08.06
Critérios editoriais.

Confesso que não entendo o critério editorial que leva a revista Esquire - uma revista para homens - a optar por uma destas capas. Sinceramente, escapa-me qualquer coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:56

...

por Tomás Vasques, em 31.08.06
Promessas eleitorais.
Reconhecido pela dádiva de mais de 900 milhões de dólares, o primeiro-ministro libanês garantiu que a ajuda internacional não será desviada para os cofres do Hezbollah. É caso para dizer: cheira a promessa eleitoral, do tipo mais frequente - não vamos aumentar o IVA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:47

...

por Tomás Vasques, em 31.08.06
Poluidor-pagador.
O ministro dos Negócios Estrangeiros da Suécia, Jan Eliasson, país organizador da Conferência de dadores, anunciou hoje que reuniu um montante que ultrapassa os 900 milhões de dólares para a reconstrução do Líbano, disponibilizado pelos 60 países e organizações presentes na dita Conferência, em Estocolmo. É caso para dizer: aqui não funcionou o princípio do poluidor-pagador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33

...

por Tomás Vasques, em 31.08.06
Felicidade.
«A felicidade só relativamente tem a ver com a política. Sinto-me feliz. Quando entrei na campanha sabia perfeitamente que corria o risco de perder. Perdi! Mas a vida continua, como a alegria de viver...»
(Mário Soares, entrevista ao DN de 31/08).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:03

...

por Tomás Vasques, em 31.08.06
Restaurantes
Os restaurantes das estações de serviço das auto-estradas oferecem um serviço abaixo de cão. Os produtos são de péssima qualidade e a confecção não lhe fica atrás. São autênticos refeitórios fabris onde até o lombo de porco é intragável. (Salvam-se as sandes de leitão na Mealhada). Dou um conselho: se estiver com pressa não pare; se lhe sobrar tempo saia da auto-estrada e procure um restaurante. Nem precisa de escolher: qualquer um que encontre é melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:22

...

por Tomás Vasques, em 30.08.06
Literatura útil.

Neste final de Verão siga a história descontraída da senhora Freeman e a sua louca paixão pelo patrão. Não se deixe enredar na "moral da história" e aprenda o que tiver a aprender com Adultério para principiantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:38

...

por Tomás Vasques, em 30.08.06
O princípio do marxismo lusitano.
Francisco José Viegas, em dia de aniversário da Origem das Espécies (na verdade, o primeiro post foi a 28 de Agosto de 2005), referiu o meu Diálogo absurdo, definindo-o como o princípio do marxismo lusitano. Obviamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:07

...

por Tomás Vasques, em 30.08.06
Opinião.
Jornalismo 'vale tudo' :«Aplicado ao próprio Cintra Torres (mero exercício de estilo, claro), permitir-me-ia afirmar que, segundo as minhas fontes (eu, jornalista), foi o PSD a encomendar o texto ao crítico, prometendo-lhe que voltará a ganhar dinheiro na RTP quando o partido regressar ao poder. Agora, o "eu cronista" opina: é escandaloso que tal suceda e alguém no Pú-blico devia pôr ordem em ECT. Sem dificuldade, opinei, dei notícias, protegi a minha retaguarda e deixei uma pessoa na lama. É assim que se faz VT. Nunca se saberia se o que escrevi é verdade ou mentira.» Pedro Rolo Duarte, DN.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28

Diálogos absurdos.

por Tomás Vasques, em 29.08.06

Karl Marx entusiasmado, disse:
- Eu quero ir viver em Portugal. Ali, por estranho que pareça, todos defendem o princípio que eu formulei para uma sociedade comunista de tipo superior: de cada um segundo as suas capacidades, a cada um segundo as suas necessidades.
Friedrich Engels, homem avisado por outros conhecimentos, com voz pausada, coçando a barba, retorquiu:
- Não te iludas Karl. É apenas uma questão de egoísmo individualista: esses tais portugueses só defendem o teu princípio porque têm muito mais necessidades do que capacidades.
- Você está falando verdade, Friedrich? - interrogou Karl com ingenuidade -, ao que o outro respondeu com convicção: verdade verdadeira, Karl.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:46

...

por Tomás Vasques, em 29.08.06
Coisas que nunca te disse. (4)


«O engenheiro inventa qualquer coisa para fazer algo. O artista inventa algo para não fazer nada,porque não tem nada que fazer» - Franz Kline

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:31

...

por Tomás Vasques, em 29.08.06
A propósito de...


DIA DE ANOS
Com que então caiu na asneira
de fazer na quinta-feira
vinte e seis anos! Que tolo!
Ainda se os desfizesse...
Mas fazê-los não parece
de quem tem muito miolo!
Não sei quem foi que me disse
que fez a mesma tolice,
aqui o ano passado...
Agora, o que vem, aposto,
como lhe tomou o gosto,
que faz o mesmo. Coitado!
Não faça tal; porque os anos
que nos trazem? Desenganos
que fazem a gente velho;
faça outra coisa; que, em suma,
não fazer coisa nenhuma,
também lhe não aconselho.
Mas anos, não caia nessa!
Olhe que a gente começa
às vezes por brincadeira,
mas depois, se se habitua,
já não tem vontade sua,
e fá-los, queira ou não queira!
(João de Deus)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:36

...

por Tomás Vasques, em 28.08.06
Leituras matinais.
«Também está à vista o princípio de que falava Hayajneh: era o princípio de uma ofensiva global do radicalismo islâmico, fortalecida não só pelos crimes do 11 de Setembro mas também pela desordem criada pela desastrada intervenção norte-americana, que fez do Iraque, em lugar de um país aberto à democracia e à liberdade política, um campo aberto ao terror sem freio.» O reactor do Irão, Nuno Pacheco (Público, 28.08).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:31

...

por Tomás Vasques, em 28.08.06

...

por Tomás Vasques, em 28.08.06
PERGUNTA DO DIA
O Projecto MIT não está esquecido, pois não?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:34

...

por Tomás Vasques, em 27.08.06

UM MANIFESTO DA DIREITA EM PORTUGAL


Jorge Ferreira disponibilizou "UM MANIFESTO DA DIREITA EM PORTUGAL ", apresentado ontem por Manuel Monteiro, em Vila Praia de Âncora. Tudo o que quebre a pasmaceira e o pântano ideológico em que vivemos há muitos anos é benvindo. Dei atenção, por exemplo, a Pacheco Pereira quando, em Junho passado, escreveu "a única oposição possível é a liberal. Sem este tipo de oposição, não há oposição a não ser a comunista e a do BE, que é uma variante da comunista. Só uma oposição liberal reformista e moderada pode mudar este estado de coisas". Esperei mais participação à volta desta ideia. Mas, nem o autor voltou à liça, nem outros lhe apanharam o testemunho. Agora (quase 160 anos depois ter sido apresentado o "MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA" e quase um século após Almada Negreiros ter apresentado o "MANIFESTO ANTI-DANTAS"), foi apresentado "UM MANIFESTO DA DIREITA EM PORTUGAL. Apesar de uma leitura rápida, este manifesto da Direita é manifestamente pouco manifesto. É demasiado pobre. Falta-lhe substância e falta-lhe novidade: teórica, ideológica e política. Está marcado por razões imediatas. Ainda não é desta que a Direita se vai endireitar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46

Pág. 1/7




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker