Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Tomás Vasques, em 06.05.06
Até amanhã


(Botero, óleo sobre tela)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:00

...

por Tomás Vasques, em 06.05.06
Começou a festa no Palácio das Necessidades: «Gabinete desmente que Freitas do Amaral esteja cansado de ser ministro» Depois de atirarem os foguetes começaram a correr para apanharem as canas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:41

...

por Tomás Vasques, em 05.05.06
Tretas. A «Forbes» atribuiu a Fidel Castro o sétimo lugar na lista de líderes mais ricos do mundo. Para dar veracidade à "notícia" dão números: a sua fortuna se situa nos 900 milhões de dólares. De imediato, os arautas da desgraça da nossa praça fazem eco da notícia e acrecentam cobras e lagartos em notas de rodapé. Nem reservam um minuto para pensar. Está aqui um bom post e , assim, avançam em roda livre. Primeira pergunta: onde está tal fortuna? Num Banco nos Estados Unidos? Na Suiça ou no Banco Nacional de Cuba, onde a revista pediu a informação que de imediato lhe foi entregue via e-mail? Em acções na industria de armamento dos Estados Unidos ou nos Petróleos da Venezuela e da Bolívia? Não percebem que para Fidel Castro, tal como para Oliveira Salazar, o dinheiro não tem o significado que tem para a familia Bush que enriquece com cada guerra que promove? Que cegueira é esta que não sabe distinguir um velho ditador na linha de Salazar dos dirigentes políticos que enriquecem com os cargos que ocupam como a família Bush, por exemplo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:48

...

por Tomás Vasques, em 05.05.06
Sentido de oportunidade: Freitas do Amaral decidiu sair do Governo pelo seu pé. «Chego ao fim do dia completamente estoirado», foi o argumento que avançou ao Expresso para justificar o "pedido de demissão".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42

...

por Tomás Vasques, em 05.05.06


Scarlett Johansson ansiosa aguarda alguém que não chega.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:36

...

por Tomás Vasques, em 05.05.06
O tempo dirá. É normal que, em eleições directas para a eleição do líder de um partido na oposição, se apresentem vários candidatos. (Quando um partido está no Governo o líder é o vencedor: ganhou o partido e ganhou as eleições legislativas, logo é normal não ter opositor interno). Com o PS foi assim: nas últimas eleições internas defrontaram-se 3 dirigentes nacionais do partido – José Sócrates, Manuel Alegre e João Soares. Hoje, no PSD – partido na oposição – Marques Mendes vai a votos sem opositores. Das duas, uma: ou a oposição interna no PSD quer queimá-lo mais dois anos em fogo lento; ou, quem sabe, cumpre-se a profecia de Vasco Graça Moura: “Marques Mendes é um vencedor”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:42

...

por Tomás Vasques, em 05.05.06
Peço desculpa, mas há coisas que eu não entendo: um Secretário de Estado norteamericano apelou à Turquia para respeitar a soberania do Iraque...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:14

...

por Tomás Vasques, em 05.05.06
Citações
«PUTA DA VELHA. Durante uma brincadeira de mau gosto com touros à mistura em Samora Correia, uma pessoa morre e uma velha muito bem formada vomita a seguinte pérola "por morrer uma andorinha não acaba a primavera". Uma cagadela de andorinha na puta da velha e ainda era pouco...» No je t'aime moi non plus

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35

...

por Tomás Vasques, em 03.05.06
O milagre de Merkel: Economia alemã regista o maior crescimento desde 2000, apesar da galopante subida do preço do petróleo. A receita, segundo os analistas: maior confiança por parte dos empresários; diminuição do desemprego; subida do consumo e das exportações e cumprimento das regras do défice público. E o IVA vai subir 3 pontos percentuais em Janeiro de 2007.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:16

...

por Tomás Vasques, em 03.05.06
O igualitarismo absoluto: a descredibilização (a dessacrilização?) dos titulares de orgãos de soberania não tem fim à vista. Depois do Governo ter reduzido os Juízes a funcionários públicos, a palavra dos Deputados deixa de fazer fé: o abstrato conceito de trabalho "político" deixa ser justificativo suficiente. O Deputado tem de dizer aonde estava. Mas, mais cedo ou mais tarde, vai levantar-se a questão de fixar o conceito de "trabalho político". Assistir a um jogo de futebol é "trabalho político"? E ir às compras num grande centro comercial à hora de maior movimento?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:59

...

por Tomás Vasques, em 03.05.06
Incoerências? Em regra, respondo a todos os e-mail que alguns leitores das parcas linhas que aqui alinhavo se dão ao trabalho de me dirigirem. Ultimamente recebi meia dúzia de e-mail que levantam, no essencial, a mesma questão: nas minhas breves notas quotidianas, umas vezes inscrevo-me à esquerda; outras vezes pareço de direita. Em que ficamos? – Quase me perguntam, como se de incoerência se tratasse. Depois de alguma reflexão (o que me permitiu avaliar se os meus os interlocutores teriam alguma razão) decidi responder a todos de uma só vez: as minhas observações são as de um liberal que preza, em primeiro lugar a democracia e, em segundo lugar, a liberdade. Daí misturar Teerão com Havana; daí, também, a minha simpatia com as expressões artísticas alternativas ou com os casamentos gays. Prefiro o arejamento ao mofo, ou seja, o preservativo à Igreja; a flexibilidade à rigidez, ou seja, o contrato de primeiro emprego ao vergonhoso recuo de Chirac. Um último exemplo: para um europeu, seja em Lisboa, Londres ou Roma, sentado na sua poltrona, em frente ao computador a escrevinhar num blogue, depois da saída da empregada doméstica, deve ser fácil “criticar “ as nacionalizações de Evo Moraes na Bolívia. Mas nunca lá estiverem. Não conhecem a profunda pobreza estampada no rosto dos bolivianos – de quase todos os bolivianos! Enquanto a democracia não for posta em causa, as medidas do Governo de Evo Moraes têm por objectivo melhorar as condições de vida do povo boliviano, mesmo sabendo que medidas idênticas não resultaram noutros tempos, nem em outras latitudes. Mas não se trata de jogos de futebol, em que a clubite domina. Trata-se da vida de milhões de pessoas. Se vai conseguir ou não ainda não sabemos. A única coisa que sabemos é que socialistas, sociais-democratas e democratas cristãos (para usar uma terminologia conhecida) afundaram a Bolívia, tal como afundaram a Venezuela, na corrupção e, consequentemente, na pobreza. Daí a simpatia por Evo Morales e pelo contrato de primeiro emprego. Incorência?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:17

...

por Tomás Vasques, em 02.05.06
Erotismo na Cidade


Sou um leitor assíduo de Erotismo da Cidade; direi mesmo: sou um apreciador compulsivo da poesia da Encandescente. Congratulo-me, pois, com a publicação deste seu segundo livro. E dos outros que atrás virão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37

...

por Tomás Vasques, em 02.05.06
Finalmente. Os EUA viveram ontem um dia diferente: o "Dia sem imigrantes". Esperamos pelas consequências.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:27

...

por Tomás Vasques, em 01.05.06
Vem aí uma Nova Vaga? Provavelmente não, mas este país precisa de gente com convicções.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:48

...

por Tomás Vasques, em 01.05.06
1º de Maio. Dia do Trabalhador em todo o mundo. Ou quase: no Irão e em Cuba, dezenas de milhares de trabalhadores saíram à rua para apoiar os respectivos governos. Carvalho da Silva, fazendo uso do seu espírito combativo em defesa dos direitos dos trabalhadores, faria um sucessonas ruas de Havana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:40

Pág. 7/7




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

SOBRE LIVROS E OUTRAS ARTES

CONSULTA

LEITURA RECOMENDADA.



Contador

eXTReMe Tracker